Conheça seis cuidados fundamentais para garantir a segurança informática da sua empresa

Segurança Informática: 6 cuidados para proteger o seu negócio

30 Novembro 2021 | Empresas

Neste Dia da Segurança Informática, e numa altura em que o crime cibernético continua a aumentar, deixamos-lhe alguns conselhos sobre o que deve fazer para ter o seu negócio bem protegido!

 

O cibercrime continua a aumentar em todo o mundo e Portugal não é exceção. Com os negócios cada vez mais dependentes dos meios digitais, não é de estranhar que os riscos cibernéticos sejam considerados uma das principais ameaças às empresas.

No que à segurança informática diz respeito, todo o cuidado é pouco! Conheça seis cuidados fundamentais que deve ter para reforçar a proteção do seu negócio no mundo digital.

 

1. Instale antivírus e firewalls e mantenha-os atualizados, em todos os equipamentos!

Para garantir a segurança informática da sua empresa, sistema operativo, programas, browsers e softwares utilizados devem também estar sempre atualizados, uma vez que as novas versões resolvem, frequentemente, novas vulnerabilidades entretanto descobertas.

 

2. Faça cópias de segurança com regularidade!

Em caso de ataque, falha de equipamento ou até de acidente, como uma inundação, os backups serão a sua tábua de salvação, permitindo-lhe recuperar os dados.

 

3. Atenção às palavras-chave!

Este é um dos mais básicos cuidados de Segurança Informática, mas frequentemente o mais esquecido. Nomes próprios, o nome da empresa, datas, sequências de números ou letras, NUNCA devem ser utilizados como palavras-passe. Para serem suficientemente fortes, as palavras-chave devem conter maiúsculas e minúsculas, caracteres especiais e/ou numéricos.

Outro cuidado fundamental é não repetir palavras-chave em sites, plataformas ou programas diferentes. Por fim, deve evitar-se gravar as palavras-chave nos computadores e browsers, bem como ter o cuidado de terminar sessão em softwares, plataformas, contas de email e sites sempre que terminar as suas tarefas.

 

4. Cuidado com links e websites duvidosos!

O email tem sido uma das ferramentas mais usadas pelos cibercriminosos. Por isso, mesmo que o email lhe pareça fidedigno, comprove a sua autenticidade antes de abrir qualquer ficheiro ou clicar em qualquer link. O mesmo cuidado se aplica a SMS com links.

Da mesma forma, deve ter atenção redobrada no acesso a sites e lojas online, onde lhe sejam pedidos dados pessoais ou da empresa, dados de login e dados de cartões bancários ou qualquer outra forma de pagamento. Certifique-se que o site é fidedigno, que o URL (endereço) é o pretendido, que o site tem certificado de segurança.

 

5. Garanta que toda a equipa conhece os riscos e segue as boas práticas de segurança informática!

A má utilização das ferramentas e plataformas digitais e a falta de cuidado por parte dos colaboradores é responsável por cerca de metade dos incidentes de segurança informática das empresas. Mas o que está na base desta má utilização é, muitas vezes, a falta de informação e o desconhecimento do que devem fazer.

 

6. Tenha um seguro que proteja a sua empresa dos riscos cibernéticos!

Pensado especialmente para proteger as Pequenas e Médias Empresas, este seguro ajuda-o a dar resposta a danos provocados por ataques à rede informática da sua empresa bem como a enfrentar custos com defesa jurídica e extorsão cibernética, com a recuperação do seu sistema informático, software e dados perdidos.

Venha conhecer as vantagens de um Seguro de Cibersegurança e peça-nos uma simulação adaptada à realidade e necessidade da sua empresa.